A série Guetonomia é apresentada por dois rappers e um economista e busca desmistifcar os principais conceitos do mercado financeiro

10 fev 2019, 07h00

São Paulo – A série Guetonomia busca mostrar, de forma simples, que economia não é um bicho de sete cabeças e está presente no dia a dia de todos, inclusive no de jovens da periferia.

Os vídeos, que podem ser acessados pelo YouTube, é mais um conteúdo do Por Quê?, Economês em bom português. Lançado em 2015, o objetivo do site é explicar os princípios básicos da economia a um público não especializado por meio de textos, vídeos, quadrinhos e infográficos.

Como forma de se aproximar do universo dos jovens da periferia principalmente pela linguagem, a Guetonomia é apresentada pelos rappers Rafael Gomes (Mano Moneys) e Denise Alves, moradores do Grajaú, na zona sul de São Paulo, além do economista da FEA-USP, Mauro Rodrigues. Denise e Rafael vão, ao longo das explicações do professor, fazendo perguntas, ilustrando conceitos com suas histórias pessoais e sintetizando as ideias apresentadas de uma forma mais simples.

Já são 19 vídeos publicados. Entre os temas abordados, estão o que é preçoo que é inflaçãocomo funciona o sistema financeiro e a relação entre escolhas e falta de grana.

No episódio sobre educação financeira, Denise introduz o assunto com uma história pessoal: quando ela fez 18 anos, comprou um secador e uma chapinha para alisar o cabelo no cartão de crédito. O resultado? Sujou o seu nome. “A gente nunca aprende sobre dinheiro e vai gastando, gastando até que uma hora suja o nome. Foi o que eu fiz”.

Mauro então explica o que é a taxa de juros cobrada em empréstimos e que é necessário ter cuidado com ela. “Precisamos ver a taxa de juros como um preço também”. E ressalta. “Empréstimo pode ser uma coisa boa quando realmente precisamos do produto, mas precisa de planejamento”. No final de cada vídeo, há um bônus: uma composição dos rappers que sintetiza os principais ensinamentos do episódio.

Veja abaixo o vídeo da série que fala sobre educação financeira:

 

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Melhores Escolas.

Comentários